quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Qual o tamanho do seu problema: Pequeno ou grande/ Não importa o tamanho ou a quantidade DEUS É MAIOR QUE TUDO


COMO ESTAIS NESSE MOMENTO, SAIBA DEUS ESTÁ OLHANDO PARA E POR VOCÊ, ELE OUVIU E OUVE SEU PEDIDO DE SOCORRO




“De manhã, Senhor, ouves a minha voz; de manhã te apresento a minha oração e fico esperando” Salmo 5:3


PEQUENOS PROBLEMAS!


As coisas pequenas geralmente podem nos trazer as maiores dores de cabeça. Isso porque nós temos a tendência de achar que não precisamos “incomodar” a Deus com coisas que nós mesmos achamos que podemos resolver.

Deus quer ser participante ativo em toda nossa existência. Precisamos aprender que Ele está do nosso lado, e se algo, por menor que seja começar a nos incomodar, Ele estará pronto para nos auxiliar.

Temos um exemplo interessante que aconteceu com um dos discípulos dos profetas que viveram no tempo do profeta Eliseu. “Sucedeu que, enquanto um deles derrubava um tronco, o machado caiu na água; ele gritou, e disse: Ai! Meu Senhor! Porque era emprestado. Perguntou o homem de Deus: Onde caiu? Mostrou-lhe ele o lugar. Então Eliseu cortou um pau, lançou-o ali, fez flutuar o ferro, e disse: Levanta-o. Estendeu ele a mão e o tomou.” (2 Reis 6:5-7). Com tanta idolatria em volta, com tantas mensagens do Senhor para levar ao seu povo, parece estranho Eliseu parar para se preocupar com um machado que havia se perdido.

Mas essa atitude de Eliseu simboliza o que o próprio Deus quer fazer por nós. Quando aquele discípulo gritou em desespero por causa da sua ferramenta de trabalho que havia se perdido, ele expressou todo desespero que aquela situação lhe causara. Eliseu veio em seu socorro e no poder do Senhor restaurou milagrosamente o machado daquele servo.

Quantas vezes você já tentou resolver um problema que lhe parecia tão simples, e viu que aquilo lhe trouxe mais dor de cabeça do que imaginava? Pois é, é sobre isso que estou falando!

Deus espera fazer o mesmo por nós. Ele não quer vir em nosso auxílio só nas grandes dificuldades do dia-a-dia, mas também naquelas situações mais incomuns (às vezes até bem simples), mas que muitas vezes podem nos trazer desconforto e intranquilidade.


Conta-se a história de um caçador que está de férias na selva e tinha passado o dia em busca de algo para caçar. Quando o dia estava quase no fim, resolveu voltar ao seu acampamento. De repente foi surpreendido por um enorme leão que saiu não se sabe de onde. Não houve tempo nem para engatilhar a sua arma.

O caçador viu-se encurralado. Pensou em fugir, mas sabia que não adiantaria. Então, fez a única coisa que poderia fazer naquele momento: Clamou por Deus! Pediu que Deus tivesse misericórdia da sua vida. Quando o feroz leão aproximou-se, cheirou o caçador, e como que sentindo repulsa, deu meia volta e foi embora. O caçador não acreditou no que havia acontecido. Voltou para seu acampamento glorificando a Deus pelo livramento.

Naquela noite o sono demorou a chegar, pois aquela experiência não lhe saía do pensamento. Tentou dormir, mas de repente, alguns mosquitos começaram a zunir no seu ouvido. Tentou desvencilhar-se deles, mas não consegui. Acabou passando quase que a noite em claro. De manhã quando se levantou estava de mau humor por não poder ter dormido. De repente, ouviu uma voz que lhe perguntou: “Por que você está tão aborrecido?”. Mesmo assustado, resolveu responder. Ele disse que estava assim porque não pôde dormir por causa dos mosquitos.

Então aquela voz se revelou para ele, dizendo: “Meu filho, Eu sou o Teu Deus. Fui Eu que te livrei daquele leão porque clamastes a Mim. Por que não Me pedistes para que Eu te livrasse também dos mosquitos? Bastava ter Me pedido”.

Confie a Deus os teus menores temores e Ele virá em teu socorro. Entregue cada pequena situação que aparecer hoje nas mãos do Senhor, e tenha um dia muito abençoado!



Deus te abençoe!