quarta-feira, 21 de setembro de 2011

HISTÓRIAS INFANTIS E A BIBLIA

UM SEGREDO NUM CESTINHO


Verinha não vai brincar hoje à tarde porque vai tomar conta do nenê, seu irmãozinho, enquanto a mamãe termina um trabalho muito importante em casa. Como acham vocês que a Verinha se sente? Bem, se vocês quiserem saber a verdade. . .Verinha não está nada aborrecida; pelo contrário, está até contente! Pois não é que ela gosta mesmo de tomar conta do nenê? E verdade! Ela sente um prazer imenso em cuidar de nenés. Além do mais, é MARAVILHOSO ser digna de confiança!
Muitos irmãos ajudam a cuidar do irmãozinho dentro de casa, no terraço ou no quintal. Podem imaginar o que seja cuidar de um irmãozinho enquanto ele dorme — no RIO? Foi o que aconteceu certa vez com a garota Miriã. Ela cuidava do irmãozinho. . . e não era fácil! Ela viveu muito tempo atrás e não em época NORMAL. Viveu numa época de graves PROBLEMAS.
Tudo começou com um rei muito mau chamado Faraó, que governava um país onde vivia o povo de Israel, o povo de Deus. Faraó odiava os israelitas e fez deles seus escravos. Mandava soldados espancá-los para fazê-los trabalhar dura¬mente. Quanto mais trabalhavam, mais apanhavam. E quanto mais apanhavam, mais fortes se tornavam!
—Eles estão cada vez mais fortes — dizia Faraó. — Dêem-lhes mais pancadas — ordenava o rei aos seus soldados. Logo mais. . . — Não é possível! Eles estão mais fortes que NUNCA! — gritou Faraó enquanto dava uma ordem: "Toda criança do sexo masculino que nascer do povo Israelita, tem de ser morta!" 
Que notícia horrível! Isso fez com que os israelitas corressem para suas casas. Não lhes era segredo que Faraó nutria grande ódio contra eles; mas, chegar a esse ponto? Foi a pior de todas as notícias. Todos a ouviram. Pais e mães ouviram. Irmãos e irmãs ouviram.
Havia uma irmã grande e um irmão pequeno que ouviram ALARMADOS. Esses irmãos eram Miriã e Arão. Ouviram a notícia e correram para CASA. Sabem por quê? É que eles TINHAM um irmãozinho nenê!
Miriã, Arão e a mãe olharam para o nenê, tão pequeno e rosado, dormindo tranqüilo. Arão ainda não tinha idade para entender bem. Mas Miriã e a mãe, ambas tinham o mesmo pensamento. "Temos de procurar conservar o nenê bem QUIETINHO, sem chorar, para que os soldados de Faraó não o descubram aqui!"








Assim, cuidar do nenê não era fácil. Tinham de alimentá-lo antes que ele reclamasse; tinham de embalá-lo na hora do sono. Elas faziam TUDO para evitar que ele chorasse. E sempre que os soldados passavam por ali, elas oravam pedindo a Deus que não deixasse o nenê chorar a fim de que não fosse encontrado.
Entretanto, o nenê não podia continuar sempre pequeno e rosadinho, dormindo. . . dormindo. . . Agora já brincava com as mãozinhas, punha os dedos na boca, falava ANGU. E foi crescendo até começar a encontrar os PEZINHOS. Aprendeu até a colocar os pezinhos na boca! E foi crescendo . . .já empurrava o cobertorzinho com os pés. E RIA, ria gostoso. Algo devia ser feito!
Miriã sabia que a mãe havia de descobrir um MEIO de salvá-lo. Mas o que a mãe pensou em fazer, fez correr um arrepio pela espinha de Miriã! Vejam o que a mãe resolveu. Tomou juncos e teceu com eles uma cesta como se fosse um bercinho. Os buracos da cesta ela os tapou com betume. "Assim não tem perigo de afundar", disse ela.
— Afundar? — perguntou Miriã. — Onde vai a senhora colocar o nenê?
— No rio —, disse a mãe. O friozinho começou a subir e a descer pelas costas de Miriã.
Verdade! Foi isso mesmo que elas fizeram. No dia seguinte pela manhã, colocaram o nenê na cestinha e pediram a Deus que cuidasse dele. Então foram até ao rio. A mãe colocou a cest:nha na água, no meio do capim alto que crescia à beira do rio.
— Você fique por perto —, cochichou a mãe a Miriã. — Vigie a cestinha acompanhando-a pela margem do rio —. E ela voltou para casa.
Miriã vigiava e esperava, enquanto o friozinho subia e descia pelas costas. Esperou, esperou até que ouviu VOZES!
Miriã prendeu a respiração. Seriam os soldados? Não! Eram MULHERES falando! "Querido Deus", orou Miriã, "cuida do nenê meu irmãozinho, em QUALQUER situação!"
Miriã não sabia o que aconteceria, pois a ordem do rei era clara: "Todo nenê menino deve ser morto!"
Porém ela SABIA que Deus estava vigiando o nenê e de algum modo ELE o salvaria!


Falemos sobre a história bíblica
Miriã não sabia o que ia acontecer, mas confiava em Alguém. Quem era esse Alguém? Isso aconteceu há muito, muito tempo. Acham vocês que nos dias de hoje podemos confiar nesse mesmo ALGUÉM? Em que ocasiões passaram vocês por problemas aparentemente sem solução, e confiaram em Deus para ajudar?


Versículo bíblico para aprender
Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós (1 Pedro 5:7).


Falemos com Deus
Querido Deus, agradecemos-te porque cuidas de nós hoje do mesmo modo que o fazias nos tempos bíblicos. Ajuda-nos a confiar em ti sem nos importarmos com o que possa acontecer. Em nome de Jesus. Amém.


Agora procure esta história em sua Bíblia
Está em Êxodo 1:8-22 e 2:1-4.